Segundo o Relatório Thales sobre Ameaça de Dados de 2019, a corrida rumo à transformação digital está colocando dados confidenciais em risco nas organizações em todo o mundo.

 Entre os entrevistados, 97% relatam que suas organizações já tinham em andamento algum nível de transformação digital e, com isso, confirmaram que estão usando e expondo dados confidenciais nesses ambientes. As empresas mais adeptas à transformação digital correm maior risco de ter seus dados violados, mas a constatação mais alarmante foi a de que menos de um terço dos entrevistados (somente 30%) está usando criptografia nesses ambientes. O estudo também encontrou algumas áreas-chave nas quais a adoção e o uso da criptografia estão acima da média: internet das coisas – IoT, na sigla em inglês (42%), containers (47%) e big data (45%).

 O importante é que, sejam quais forem as tecnologias que uma organização implanta para realizar a transformação digital, o acesso fácil e oportuno aos dados coloca-os em risco interna e externamente. A maioria das organizações (86%) se sente vulnerável a ameaças de violação de dados. Infelizmente, isso nem sempre se traduz em práticas recomendadas de segurança, conforme evidenciado por menos de 30% dos entrevistados usarem criptografia como parte de sua estratégia de transformação digital.

 

Fonte: https://www.itforum365.com.br/seguranca/transformacao-digital-coloca-em-risco-dados-confidenciais/



Eventos Relacionados


Notícias Relacionadas

Como seu cartão de crédito e senhas de sites, podem estar sendo roubados

Engenharia social, phising, cavalo de troia são algumas técnicas utilizadas para coletar informações. Mas...

Pesquisa revela que mais de 70% dos executivos temem que sua empresa tenha falha de segurança

Devido à digitalização de seus negócios e a dependência à tecnologia da informação e comunicação,  o risco se eleva. E apesar de preocupados, 87%...

Pesquisadores revelam aumento de 30.000% de ameaças cibernéticas relacionadas à pandemia

Pesquisadores da Zscaler observaram em março, um aumento 30.000% em ataques maliciosos e malwares relacionados a pandemia da Covid-19, em comparação ao início de 2020, quando as...

Pesquisa relata que 71% dos profissionais constatam aumento de ciberameaças e ataques

Em época de pandemia as empresas tendo que se reinventar para não fechar o aumento a trabalho home office cresce mudando toda uma cultura. Muitas empresas não estavam preparadas...

Falha humana é responsável por 33% dos incidentes de cibersegurança na indústria.

Mesmo com toda a automação, o fator humano ainda pode colocar os processos industriais em risco: ações não intencionais ou erros de funcionários foram responsáveis por 33% dos...