Golpes e Fraudes Pela Internet: como identificar e se prevenir no ambiente corporativo

Objetivo

Golpes e fraudes pela internet tem causado uma série de prejuízos para as empresas, seja através do roubo de informações, fraudes, sabotagem ou espionagem. 

Nesta palestra vamos abordar as principais técnicas e estratégias utilizadas pelos praticantes de golpes e fraudes pela internet, de modo que os participantes possam identificar tal ação durante sua ocorrência, evitando assim os prejuízos para a empresa. Vamos abordar também as técnicas de prevenção e as recomendações de ações nos mais diversos cenários de golpes e fraudes pela internet. Palestra 011


Conteúdo

  • O cenário está mudando!
  • Quais são os novos riscos?
  • Como os incidentes ocorrem?
  • Como se prevenir?
  • O que o futuro nos reserva?

Público Alvo



Carga-horária

  • 40 minutos


Eventos Relacionados


Notícias Relacionadas

Como seu cartão de crédito e senhas de sites, podem estar sendo roubados

Engenharia social, phising, cavalo de troia são algumas técnicas utilizadas para coletar informações. Mas...

Pesquisa revela que mais de 70% dos executivos temem que sua empresa tenha falha de segurança

Devido à digitalização de seus negócios e a dependência à tecnologia da informação e comunicação,  o risco se eleva. E apesar de preocupados, 87%...

Pesquisadores revelam aumento de 30.000% de ameaças cibernéticas relacionadas à pandemia

Pesquisadores da Zscaler observaram em março, um aumento 30.000% em ataques maliciosos e malwares relacionados a pandemia da Covid-19, em comparação ao início de 2020, quando as...

Pesquisa relata que 71% dos profissionais constatam aumento de ciberameaças e ataques

Em época de pandemia as empresas tendo que se reinventar para não fechar o aumento a trabalho home office cresce mudando toda uma cultura. Muitas empresas não estavam preparadas...

Falha humana é responsável por 33% dos incidentes de cibersegurança na indústria.

Mesmo com toda a automação, o fator humano ainda pode colocar os processos industriais em risco: ações não intencionais ou erros de funcionários foram responsáveis por 33% dos...